23 de Setembro - Dia do Combate ao Estresse

em Blog JB

Alguém aí estressado? Se sente frequentemente estressado ou até já passou por algum tipo de crise mais séria como o “burnout”?

Se você disse “SIM”, saiba que infelizmente, estamos vivendo em um momento em que a percepção do estresse virou algo “normal”. Apesar de ser comum…. por favor, nada de entrar na onda do "normal", se não você entrará no fluxo do piloto automático dos problemas da vida.  Está mais do que na hora de trazermos a nossa auto responsabilidade para tomarmos atitudes no nosso estilo de vida para preservar nosso bem maior e mais precioso, que é a nossa vida!

Trazendo uma reflexão breve, vamos olhar para o mecanismo do estresse, de forma simples, natural, e inclusive positiva. Por exemplo: "Você está doente e a sua casa começa a pegar fogo, rapidamente, mesmo debilitada, você tem energia para levantar, correr e buscar ajuda". Nesse momento hormônios são liberados e todo o seu corpo reage para sobreviver. Logo a situação passa, e seu corpo se restabelece a normalidade. Perceba, nessa situação havia algo real, e assim que é resolvida seu corpo volta ao estado de equilíbrio.

Agora, olhando para os gatilhos que acionam o estresse comumente nas pessoas  nos dias de hoje, você irá perceber que na maioria das vezes não existe algo concreto e real:  pode ser a preocupação com a situação política, o medo da doença, a insegurança financeira do momento, o medo do chefe, a necessidade de ser perfeita, o receio de não ser reconhecido…

Entretanto, diferentemente do primeiro exemplo, esses pensamentos são constantes, como se o inimigo oculto estivesse à sua frente 24 horas por dia. Logo, não precisa ser médico para entender pelo bom senso como o seu corpo sofre pelo estresse prolongado e os efeitos disso ao longo do tempo.

É provável que, enquanto trouxe alguns exemplos a você, você tenha pensado que seu estresse é causado pelo excesso de trabalho. Sem dúvida, o desgaste físico, mental e emocional alimenta o estresse por diminuir a sua inteligência emocional, mas não é causa, é consequência! E do que? Novamente você voltará os inimigos ocultos, pois seus pensamentos antecedem a suas atitudes, e depois suas atitudes ancoram seus pensamentos. E então você entra no ciclo infinito onde outra possibilidade de viver parece "impossível".

A reflexão que trago aqui é para você se aprofundar, buscando a transformação de fato, pois se conecta à sua pro atividade de entrar em contato consigo, com seu autoconhecimento e compreender quais têm sido as interferência inconscientes que te levam a estar em padrões de realidade que você tem criado ligados ao estresse. E então a partir dessa percepção você aprenderá a se acolher, se respeitar, ter paciência para os processos da vida e até para dificuldades que vão continuar a acontecer. A partir disso, tudo se torna mais simples, adotar uma rotina com meditação, exercícios físicos, descanso suficiente, alimentação saudável, tempo de lazer… sabe tudo aquilo que dizem que ajudam a diminuir o estresse? E por que? Você precisa antes de mais nada, PERMITIR! E isso vem da sua decisão AGORA…

E então, qual a vida que você deseja? E como quer que ela seja conduzida daqui para frente? Eu quero e sei, que vou conquistar os meus objetivos com equilíbrio e felicidade. Por que a minha vida importa… E tenho certeza que a SUA TAMBÉM !

Priscila Kondo, terapeuta energética espiritual e mentora da busca da identidade própria para mulheres. ♥
@quemsoueupri

0 comentário

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *